terça-feira, 30 de junho de 2009

PAGANDO O PREÇO


“- Ao anjo da igreja de Laodicéia escreva o seguinte: "Esta é a mensagem do Amém, da testemunha fiel e verdadeira, daquele por meio de quem Deus criou todas as coisas. Eu sei o que vocês têm feito. Sei que não são nem frios nem quentes. Como gostaria que fossem uma coisa ou outra! Mas, porque são apenas mornos, nem frios nem quentes, vou logo vomitá-los da minha boca. Vocês dizem: 'Somos ricos, estamos bem de vida e temos tudo o que precisamos.' Mas não sabem que são miseráveis, infelizes, pobres, nus e cegos. Portanto, aconselho que comprem de mim ouro puro para que sejam, de fato, ricos. E comprem roupas brancas para se vestir e cobrir a sua nudez vergonhosa. Comprem também colírio para os olhos a fim de que possam ver. Eu corrijo e castigo todos os que amo. Portanto, levem as coisas a sério e se arrependam. Escutem! Eu estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, eu entrarei na sua casa, e nós jantaremos juntos. "Aos que conseguirem a vitória eu darei o direito de se sentarem ao lado do meu trono, assim como eu consegui a vitória e agora estou sentado ao lado do trono do meu Pai. "Portanto, se vocês têm ouvidos para ouvir, então ouçam o que o Espírito de Deus diz às igrejas." (Apocalipse 3.14-22)

O preço é absolutamente essencial. Você nunca alcançará o propósito se falhar em pagar o preço. O Senhor espera que nós calculemos o preço de todas as coisas em nossas vidas, conforme a passagem de Lucas 14.28-32.

Para ter uma jornada bem sucedida você deve pagar o preço. No terceiro capítulo da carta de Paulo aos coríntios, descobrimos dois grupos de materiais para a edificação da Igreja: madeira, palha e feno; ouro, prata e pedras preciosas. A diferença mais evidente entre os dois grupos é o preço. Por não estarem dispostos a pagar o preço as pessoas preferem edificar com madeira, palha e feno, porque estes são mais baratos.

  1. Há uma etiqueta de preço em tudo que possui valor

O preço normalmente envolve dinheiro, tempo e energia; prazer, sono e relacionamento. O preço outras vezes envolve pressão, crítica, isolamento, dor e sacrifício financeiro. A maioria das pessoas estão em busca de portas e caminhos largos, porque não estão dispostos a pagar o preço ou porque imaginam totalmente que existe algo sem um preço (Mateus 7.13,14).

Escolha a dor e o sacrifício do discípulo hoje ou você colherá a dor do arrependimento amanhã. Não temos como barganhar o preço da vitória. Você tem o mesmo tempo que qualquer um, então pague o preço de fazer o máximo com ele.

  1. O que você alcançar depende do preço que você está disposto a pagar

O Senhor disse para Mateus: “Siga-me e deixe tudo, inclusive a mesa de impostos” (Mateus 9.9). Você pode prever o futuro sucesso de um estudante pelo preço que ele paga na escola.

a) Como perceber um vencedor

· Pelo seu compromisso com a excelência

· Nunca se mede pela média

· Ele dá atenção aos detalhes. A diferença entre o vencedor e o segundo colocado são os detalhes a que o vencedor atentou.

· Ele é consistente

  1. Nem todos pagam o mesmo preço. Cada um de nós tem uma cruz diferente para carregar

“Depois disse a todos: - Se alguém quer ser meu seguidor, que esqueça os seus próprios interesses, esteja pronto cada dia para morrer como eu vou morrer e me acompanhe. Pois quem põe os seus próprios interesses em primeiro lugar nunca terá a vida verdadeira; mas quem esquece a si mesmo por minha causa terá a vida verdadeira.” (Lucas 9.23-24)

Portanto, nunca deseje o que outros têm alcançado antes de descobrir o preço que eles pagaram.

  1. Quanto mais você deseja algo, mais você estará disposto a pagar por ele

Quanto maior o desejo e o sonho, maior será o custo. A quem muito é dado muito será exigido (Lucas 12.48). Muitos querem o cargo, mas não querem a responsabilidade e o trabalho duro. Cada direito implica numa responsabilidade, cada oportunidade tem a sua obrigação, cada posse o seu preço. Excelência custa mais que a média.

  1. Se você reclama do preço, provavelmente você vai desistir de pagá-lo

Jesus respondeu: - Quem começa a arar a terra e olha para trás não serve para o Reino de Deus. (Lucas 9.62)

Ou você domina as suas emoções ou elas dominarão você. Nunca espere se sentir bem para pagar o preço, pague o preço e depois você se sentirá bem.

  1. Seus talentos não determinam o seu sucesso na vida, mas o preço que você se dispõe a pagar

O servo que recebeu cinco talentos pagou o preço para conseguir cuidar de dez. São inúmeros os exemplos de pessoas que superam suas deficiências. Não tinham o talento, mas pagaram o preço.

  1. Você será criticado por pagar o preço

Uma das maiores razões porque as pessoas caem é a crítica. O preço a pagar para vencer a crítica é a persistência. Alguém sempre dirá que o alvo não vale o sacrifício.

  1. O preço nunca diminui

Cada vez que você é bem sucedido num desafio, vem o próximo, mais difícil e mais caro. Deus nunca disse que as coisas seriam fáceis. Ele prometeu paz (João 14.26), poder (Mateus 28.19,20) e vida abundante (João 7.37,38), mas não facilidades. A vida é como subir numa escada. Os primeiros degraus são mais fáceis, mas os últimos são caros.

  1. O preço vai aumentar quando aumentar o seu desejo de crescer e se tornar mais e mais íntimo de Deus

Tudo na vida é uma preparação para o próximo passo. Quando a oportunidade aparece é muito tarde para se preparar. O preço não está na partida, mas na chegada. O preço pode aumentar, mas o nosso desejo faz com que ele pareça mais barato.

  1. Você não pode alcançar amanhã o que você se recusa a pagar hoje

Todo pagamento espiritual é à vista. Você não pode alcançar amanhã o que você se recusa a pagar hoje. Você não pode colher o que você não plantou. Nós exageramos o que já passou, supervalorizamos o amanhã, mas desvalorizamos o hoje. É triste ver alguém sem nada para contribuir hoje, porque não pagou o preço ontem.

(Pastor Aluísio A. Silva)


5 comentários:

Ester Lara disse...

Meu sou lider dos radicais livres na minha igreja e eu estava pedindo a Deus uma palavra para poder compartilhar no culto. E procurando achei seu blog,Deus falou muito comigo. tenho pago um preco MUITO alto para ir a lugares desejados por Deus. Sei agora mais que nunca que esse é o caminho! acredito q vc é da videira...nao sei se de Goiania, sou de Sp e minha igreja é ligada a Vinha..na conferencia estarei em Go. Sempre que posso vou la, pois meu pai é discipulo do Pr Aluisio. So gostaria de compartilhar mesmo o quanto fui edificada (:
Abraco.Ester Lara

PROFETA RODRIGO disse...

Sim Sim... Para que outros possam viver é necessário morrer! Sim, sou da Videira. Sou do Rio de Janeiro! Poxa, eu ia na Conferência, mas esse ano nem dá... =/

Alexandre Pitante disse...

Visite meu blog também. Avivamento pela Palavra é um blog voltado aos amantes da Bíblia sagrada como Verdade Absoluta e que só através Dela seremos mais crentes e mais cheios do Espirito Santo.

http://www.alexandrepitante.blogspot.com/

Siga-nos também.

Fica com Deus.
Um abraço, Alexandre Pitante.

aloisio cruz disse...

sempre darei o maximo de mim para esta no pé da cruz pois estou confiante que vou consigue pois tenho Jesus como amigo e não sou seu servo pq em João 15 fala queVós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando.
Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer.
Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda.
Isto vos mando: Que vos ameis uns aos outros.

João 15:14-18 [DE Aloisio silva da cruz

Rodrigo Menezes disse...

Amém!