sexta-feira, 21 de novembro de 2008

TATUAGEM!!!???




“Eu gostaria de me tatuar, mas minhas amigas de estudo bíblico insistem que As Escrituras proíbem artes no corpo.”

Lisa Harper Questão: O cristão pode se tatuar?

Resposta: Cristãos que se tatuam é um tema oportuno e controverso. Pesquise no Google este assunto, e verá opiniões variando desde “Vai nessa!” até “Você irá para o inferno por isso. Muitos cristãos têm-se atracado com respeito a essa questão de tatuagem.


O que a Bíblia diz?

Os inimigos da tatuagem tipicamente ignoram o verso onde Deus diz que “inscreveu” [NT*: “gravou” na versão NVI] uma imagem na sua palma (Isaías 49.16, versão NASB; a Bíblia Amplificada diz “tatuou”), e de forma negativa ao invés disso, outro verso do Antigo Testamento diz: “Não faça qualquer corte no seu corpo por causa dos mortos nem se tatuem: Eu sou o Senhor” (Levítico 19.28; ESV). Entenda o contexto do verso de Levítico, entretanto, é imperativo.

Deus deu este mandamento para os israelitas por volta de 1444 aC. (Logo depois da travessia do Mar Vermelho) para proibí-los de praticarem costumes idólatras que eles adquiriram no cativeiro egípcio. Seus captores tinham hábitos repugnantes de se cortarem para expressar dor e para apaziguar os seus panteões** de deuses imaginários. Os egípcios também tatuavam seus corpos com símbolos de deuses pagãos. Então Jeová, o único Deus, essencialmente disse pra os israelitas, eu não quero que você pratique aquelas superstições tola mais. Você é meu povo, e eu te amo. O coração da mensagem de Deus não está na arte do corpo, mas para lembrar os israelitas que eles pertencem a Deus.

Talvez as garotas do seu pequeno grupo não consideraram a intenção original de Deus em Levítico. Porque se Cristãos hoje em dia se aderissem para aplicação literal de cada regra moral e cerimonial dadas aos israelitas, ninguém poderia comer camarão ou hambúrguer (Levítico 11); as mamães seriam “impuras” depois do parto (40 dias de separação da sociedade depois que um garoto nascesse, o dobro se fosse uma garota), então novas mães não poderiam ir para Beth Moore estudos bíblicos, Curves ou clubes de leitura por mais de um mês (Levítico 12); a menstruação da mulher também a separaria da família e amigos por sete dias durante essa época do mês (Levítico 15); ninguém poderia vestir roupas feitas por linho e algodão (Levítico 19); e todos que fossem comer depois da igreja mereceriam possível apedrejamento (Êxodo 31).

A grande notícia do evangelho é que a lei do Antigo Testamento não mais amarrou os Cristãos.

Evitar salões de tatuagem ou Red Lobster não te faz justo – a morte e ressurreição de Jesus que faz ! Enquanto você precisa se lembrar que seu corpo é o templo do Espírito Santo (1ª Coríntios 3.16; 2ª Coríntios 6.16), você não deve deixar que o senso religioso das pessoas possam te constranger.

Talvez você devesse convidar suas amigas de estudos bíblicos para uma noite de filme pra assistir ao filme Madea’s Family Reunion, porque no meio do filme, uma cena hilária ilustra perfeitamente o perigo de pegar um verso bíblico fora do contexto!
Como isso me afeta?

Antes de se tatuar, estude pelo Salmo 139 para se lembrar que Deus acha você lindo com ou sem qualquer embelezamento. E lembre-se, a borboleta que você faz agora irá provavelmente parecer com uma mancha amorfa quando sua pele sucumbir aos alongamentos e rugas do tempo.
O mais importante é considerar sua motivação para se tatuar. Certamente algumas pessoas se tatuam para rebelar contra alguma autoridade, se essa for sua razão, lembre que todas as coisas são permitidas, mas nem todas são benéficas (1 Coríntios 10.23). Contudo, outras pessoas se tatuam por razoes positivas e profundamente espirituais. Eu recentemente fui a uma viagem missionária com um jovem rapaz que tinha uma historia da tatuagem de um Crucifixo em seu braço. Ele me disse que a tatuagem é um grande catalisador para diálogos com jovens desmotivados pela cultura de igreja conservativa. Por fim, não se preocupe tanto como você decora o seu exterior quanto você se dedica o interior a Cristo.

By Lisa Harper


Lisa Harper tem Mestrado em teologia com ênfase em estudos bíblicos da Covenant Theological Seminary em Saint Louis. Ela é uma conferencista cobiçada e escreveu vários livros, incluindo o Holding Out for a Hero: A New Spin on Hebrews (Agüentando por um Herói: Uma Nova Volta em Aos Hebreus) (Tyndale) e What the Bible Is All About for Women: A Book of Devotions (O Que a Bíblia Diz Sobre a Mulher: Um Livro de Devoções) (Regal). Visite o site http:// www.lisaharper.net 
Copyright © 2008 pelo autor ou Christianity Today International/Today’s Christian Woman Magazine.



Nota do Tradutor
**Panteão: s.m. Templo consagrado pelos gregos e romanos a todos os deuses. / Monumento onde são guardados os restos mortais de homens ilustres. / Conjunto dos deuses de uma nação, de uma religião. (Var.: Panteon.)

8 comentários:

Ariel Bujeiro disse...

continua con teu trabalho
isso ahi

Anônimo disse...

Eu vi o tópico no orkut... Interessante...
Gostei do estudo...
Parabéns...

Natalia disse...

Gostei muito do post!

Melquias Andrade disse...

Irmãozinho, você até começou bem dizendo que texto fora de contexto é pretexto para heresia. Mas deixar subentendido que a lei foi anulada (A grande notícia do evangelho é que a lei do Antigo Testamento não mais amarrou os Cristãos.) foi um escorregão e tanto. “Porque se Cristãos hoje em dia se aderissem para aplicação literal de cada regra moral e cerimonial dadas aos israelitas...” Não entendi bem. Quer dizer então que em cristo agora podemos fazer tudo ao contrario do que o Pai, por cuidado de seu povo, havia falado? Não seria ao contrario? Já que a Palavra diz que: “agora vós que estáveis longe fostes trazidos para perto...” para perto de onde? Do seu povo. Que tal estudar um pouco mais sobre o assunto.

Melquias Andrade disse...

Não estou dizendo que você está totalmente errado. Estou dizendo que precisa ser um pouco mais coerente. Pois que tipo de filho(cristo) seria esse que o Pai vem com instruções e depois envia seu filho para cumprir seus propositos que já foram estabelecidos pelo propio Pai e esse filho resolve dizer "eu sou a graça não precisa mais obedecer o velho Pai". Será que esse fiho vem mesmo do Pai? Sabemos que vem. Então será que essa é mesmo a mensagem que Ele tráz? Pense nisso.

Eric disse...

em Romanos 5;20 diz; "Sobreveio a lei para que avultasse a ofensa, mas onde abundou pecado, superabundou a graça," . a lei foi para que o homem olhasse para si mesmo e visse que era impossivel cumpri-la. e assim ele se renda totalmente a Deus
a lei é impossível de ser cumprida
nenhum homem (a não ser Jesus) cumpriu....
todos os outros foram justificados pela fé(como Abraão)...
certamente não podemos viver deliberadamente como diz em Romanos 6.
mas a lei agora é a do espírito e da vida...

Leia Romanos 8 tb =)

Melquias Andrade disse...

Engraçado, você fala em se render a D’us totalmente. Mas de que forma pode um homem se render a ele senão por sua palavra? O próprio Jesus disse que aqueles que o amarem guardariam os seus mandamentos. Em relação a lei do Espírito isso se da partir do momento que você se volta para o messias de Israel ganhando assim uma nova natureza e passa a interpretar a lei pelo Espírito e não na carne (velha natureza). Foi isso e não a Instrução(Lei) do Pai que o Filho veio mudar.

Melquias Andrade disse...

Para ter mais propriedade na informação devo dizer que: a palavra hebraica para fé é emuná que quer dizer Fidelidade. Um grande problema para a igreja é de compreender o que é fé. Fé não é simplesmente dizer que acredita, Fé é um processo. São cinco fazes. São eles: ouvir, crer, pensar, falar e agir. Isso tudo embasado na Palavra. A Palavra diz que Abraão ouviu as Instruções de D'us e foi abençoado. Detalhe as instruções estão na Palavra.
Orem e reflitam muito sobre isso.