quarta-feira, 3 de setembro de 2008

EU CONHEÇO A DEUS?


Eu cri no Senhor há 22 anos. Durante os dois primeiros desses anos, eu dei o melhor de mim para crer. Se eu fosse interrogado se era salvo, com certeza eu era. Ninguém poderia dizer que eu não era salvo, pois eu sabia que era. Eu também sabia que tinha a vida eterna. Entretanto, eu tinha um problema. Pois sempre que eu era questionado se cria em Deus, respondia que, na verdade, cria n’Ele, mas eu percebia que dizia a palavra “creio” muito enfaticamente, como se eu estivesse fazendo certo esforço para crer – como se eu conscientemente tivesse de me segurar para que ali, naquele momento, não deixasse de ser um cristão. E, conseqüentemente, minha fé no Senhor Jesus dependia de meu próprio esforço para crer. Eu cria em Deus? Cria. Eu O conhecia? Honestamente, eu não sabia se O conhecia. Eu precisava do auxílio de muitos argumentos e doutrinas para proteger minha fé. Eu sentia segurança e podia até conversar com outros desde de que os meus argumentos fossem lógicos e minhas doutrinas fossem corretas. Eu precisava de socorro mental na minha vida cristã. Mas hoje posso testificar que não sou mais daquele jeito. Hoje posso dizer que conheço meu Deus. Não preciso mais de auxílio mental para apoiar-me, não preciso de evidências exteriores para proteger minha fé interior.

Texto tirado do livro Espírito de Sabedoria e Revelação de Watchman Nee

2 comentários:

Polêmica disse...

Me interessei por esse livro. A gente só crê em Deus depois que o conhecemos!

Beijinhos!

Diogo Rosa disse...

Bem, estou passando por aqui para parabenizar pelo seu blog, gostei muito, muito diversificado e abençoador.

Quero agradecer também pelos seus comentários no meu blog, eles me ediificam muito.

Na paz do Senhor,

Diogo